Conheça os benefícios e indicações da Melatonina

Conhecida popularmente como “hormônio do sono”, a Melatonina foi liberada recentemente pela Anvisa e já está disponível para manipulação no Laboratório Buenos Ayres mediante o recebimento da prescrição médica.

Amplamente utilizada nos Estados Unidos e na Europa, especialmente para tratar distúrbios do no sono, esse ativo apresenta muitas outras ações no organismo, entre elas antioxidante, anti-inflamatória e até antitumoral

 

Cérebro e suas complexidades

A Melatonina é um hormônio produzido pela glândula pineal, localizada na região central do cérebro, que auxilia os ritmos biológicos, em especial o ciclo do sono e vigília. À noite, quando está escuro, há um pico de produção, que induz ao sono.

A ação natural da melatonina para induzir o sono inspirou a criação de formas sintéticas do hormônio para ajudar a combater a insônia sem os efeitos colaterais dos medicamentos comumente utilizados para isso, entre eles a dependência química.

 

Mulher dormindo tranquilamente

Sua produção vai diminuindo durante a vida, chegando a praticamente zero na idade avançada. A essa redução têm sido atribuídas às perdas de muitas capacidades ao longo dos anos e sua suplementação também pode  melhorar a qualidade de vida dos idosos.

Confira alguns dos benefícios atribuídos à melatonina e em que situações os médicos recomendam seu uso:

  •  Ajuda a regular o relógio biológico, melhorando a qualidade do sono.
  • Controla o Jet-Lag, distúrbio do sono causado pela mudança de fuso horário em viagens internacionais.

 

Homem no aeroporto sofrendo de Jet-lag

  • Melhora os distúrbios do sono.

  • Retarda o processo de envelhecimento.

  • Reduz os riscos de danos cardíacos pela hipertensão arterial.

  • Reduz a inflamação nos músculos e age contra as citocinas responsáveis pelo dano muscular. 

Mulher se exercitando com saúde

  • Previne a depressão.

  • Age como protetor vascular, melhorando os distúrbios de coagulação.

  • Tem potente ação antioxidante, sendo o único que demonstrou neutralizar todos os radicais livres do organismo.

  • Ajuda a controlar o estresse oxidativo, prevenindo e desacelerando a progressão da aterosclerose, Parkinson, Alzheimer, acidentes vasculares cerebrais, esclerose múltipla, síndrome da fadiga crônica e muitas outras doenças neurodegenerativas. 

Homem enfraquecido com sarcopenia

  • Com ação imunomoduladora, melhora as defesas imunológicas do organismo.

  • Melhora a densidade óssea, protegendo contra a osteoporose.

  • Previne cataratas e alivia o glaucoma.

  • Previne e alivia enxaquecas. 

Mulher com sonolência

  • Melhora dos sintomas da síndrome do cólon irritável

  • Melhora a resposta ao tratamento dos cânceresincluindo o câncer de cólon e da mama.

  • Reduz os efeitos adversos da quimioterapia, radioterapia e terapêutica medicamentosa dos cânceres.

Formas farmaceuticas adequadas aos pacientes

Para melhorar a absorção da melatonina e adequar o tratamento ao paciente, além da versão em cápsulas orais, o time de farmacêuticos do Laboratório Buenos Ayres desenvolveu algumas apresentações que evitam sua perda, que têm rápido início de ação ou de liberação lenta e contínua. São elas: pastilhas sublinguais, creme transdérmico, cápsulas orais de liberação lenta e solução oral ou spray sublingual. 

Converse com seu médico

Consulte sempre um médico. Somente ele pode prescrever a manipulação melatonina. Se você já tem uma receita, faça aqui o seu pedido.

 

Pets também se beneficiam da melatonina

 

Benefícios também para seu pet

A melatonina também pode ser manipulada especialmente para seus pets.

Ela já vem sendo utilizada há algum tempo para o tratamento de cães e gatos em situações como queda de pelos, problemas de sono, ansiedade de separação e como antioxidante e anti-inflamório em casos oculares.

Bastante conhecida no tratamento de fobias, um dos seus usos pode ser recomendado para momentos estressantes aos pets como as tradicionais queimas de fogos. Com o aumento da melatonina no organismo do animal, ele fica mais sonolento e tranquilo.

Envie aqui a receita do seu veterinário!