De seus efeitos antioxidantes até suas propriedades neuroprotetoras, a cúrcuma desperta nossa atenção!

Originária da Ásia, da família do gengibre, a Cúrcuma é utilizada há séculos como alimento, na forma de especiarias. Da sua raiz seca e moída se extrai o pó de cor amarela brilhante utilizado como condimento ou corante de paladar marcante.

Mas a cúrcuma tem despertado atenção de diversos grupos de pesquisa em razão das suas inúmeras propriedades funcionais. Muito já se falou sobre seus efeitos antioxidantes, anti-inflamatórios, anticancerígenos e, mais recentemente, de suas propriedades neuroprotetoras.

Mais Cúrcuma menos Depressão

Reportagem Mais curcuma, menos depressão

Revista Corpo a Corpo desvenda benefícios da cúrcuma relacionados a seus efeitos anti-depressivos em reportagem de Cáren Nakashima

Veja também a reportagem muito interessante sobre a Cúrcuma exibida dia 04/09 no Globo Repórter!

Cúrcuma previne e combate a depressão, dizem presquisadores

Cúrcuma (300 mg)

O ativo exerce efeito benéfico sobre os transtornos de ansiedade e distúrbios de humor. Tem ação neuroprotetora e pode ser utilizada como um coadjuvante no tratamento da depressão.

Outros Benefícios :

Possui atividade antioxidante e anti-inflamatória.

Também indicada para o tratamento de desordens digestivas.

Estudos indicam atividade antitumoral, hipoglicemiante e antitrombogênica.

Curcuma Longa